SERÁ LANÇADA NESTA 4ª

Campanha nacional pela revogação da reforma trabalhista

A partir das experiências que ocorrem em outros países, em que há um processo de revisão das reformas trabalhistas , a campanha propõe uma discussão sobre o que foi a reforma implantada no Brasil

carteirainterna

A Frente Nacional pela Revogação da Reforma Trabalhista promove nesta quarta-feira (22), às 14h, o lançamento da campanha nacional “Revoga Já!” no Rio Grande do Sul. Trata-se de um movimento pela revogação da reforma trabalhista, aprovada em 2017, no governo ilegítimo de Michel Temer (MDB).

Na abertura do evento haverá manifestações dos representantes das centrais sindicais.

A campanha foi lançada em âmbito nacional no dia 14 de maio, durante seminário realizado na sede da Faculdade de Direito da USP, em São Paulo.

A partir das experiências que ocorrem em outros países, como a Espanha, em que há um processo de revisão das reformas trabalhistas de cunho liberal aplicadas, a campanha propõe uma discussão sobre o que foi a reforma implantada no Brasil, a partir de 2017, após o golpe que derrubou a presidenta Dilma Rousseff (PT).

Nenhum trabalhador sem direitos

Além de não cumprir a promessa de geração de seis milhões de empregos, a Lei nº 13.647 manteve o desemprego em alta, retirou direitos trabalhistas, aumentou a precarização do trabalho e reduziu a renda da classe trabalhadora, causando fome, miséria e exclusão social.

Segundo os organizadores do movimento, a reforma trabalhista causou impactos negativos sob diversas perspectivas: jurídica, econômica, política e sindical. Há necessidade de apontar formas de reverter o quadro de degradação social que se formou com a aprovação da reforma.

A Frente Nacional pela Revogação da Reforma Trabalhista é formada por entidades sindicais, instituições públicas de pesquisa e grupos de advocacia trabalhista de todo o país.

Programação

14h: Abertura

14h30: A luta pela revogação dos marcos regressivos da reforma trabalhista

15h: Lançamento do Movimento pela Revogação da Reforma Trabalhista – Revoga Já!

Palestrantes:

Antônia Mara Loguércio, Associação dos Juízes para a Democracia (AJD)

Felipe Carmona,  Associação Gaúcha dos Advogados Trabalhistas (AGETRA)

Tania Antunes, Associação de Advogados e Advogadas pela Democracia, Justiça e Cidadania (ADJC)

Maria Cristina Carrion, Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas (ABRAT)

Marcelo D´Ambroso, Instituto de Pesquisa e Estudos Avançados da Magistratura e do Ministério Público do Trabalho.(IPEATRA)

15h30: Os impactos da reforma trabalhista nas relações de trabalho e na Justiça do Trabalho

Palestrantes:

Delaíde Arantes, ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Tiago Mallman Sulzbach, presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 4ª Região (AMATRA IV).

Fonte: CUT-RS com AGETRA

Comentários