EM DEFESA DA VIDA

Com avanço da pandemia, Fitmetal ajusta programação do 3º Congresso

Este é o momento de preservar a vida dos companheiros e companheiras e a saúde dos trabalhadores e trabalhadoras – sempre os principais atingidos em situações de crise.

fit

Em reunião realizada no sábado, dia 15 de janeiro, a Direção Plena da Fitmetal decidiu, frente ao cenário atual da Covid-19, por transferir o 3º Congresso da Federação que seria realizado nos dias 11 e 12 de fevereiro deste ano em Betim (MG). A nova data será definida pela Direção Executiva.

Entre 3 e 9 de janeiro houve um aumento de 55% de casos do novo coronavírus no mundo em relação à semana anterior, na pior situação de contágio desde o início da pandemia. No Brasil, a média móvel nos últimos 7 dias, em comparação à média de 14 dias atrás, teve uma variação positiva de 792%. De acordo com a OMS, a Ômicron, nova variante do vírus SARS-CoV-2, tem maior facilidade de propagação e pode ser letal para os mais fragilizados. No momento os brasileiros convivem, além da nova variante, com o H3N2, novo vírus influenza em circulação no país. A situação já sobrecarrega o sistema de saúde do país.

Há a necessidade de travar a circulação do vírus e assim diminuir as chances de novas mutações, já que ainda não atingimos a meta de vacinados estimada pelas organizações de saúde. Isso se faz mais urgente pelas atitudes irresponsáveis do presidente Jair Bolsonaro e seu governo, que ainda desacredita a vacina e abandona à própria sorte os trabalhadores e trabalhadoras, que muitas vezes dependem de ações de solidariedade para sobreviver em meio à crise.

A previsão é que o pico de contágio se dê em março, com mais de 2 milhões de casos diários de coronavírus no Brasil, caso não haja nenhuma ação pública efetiva. Diversos municípios já anunciaram o cancelamento de eventos públicos como o Carnaval, e outras atividades, como o Fórum Social Mundial, também foram adiadas.

A Fitmetal reforça então o seu compromisso com a luta em defesa da vida. Consideramos que os ganhos com o adiamento são muito maiores que as perdas. Este é o momento de preservar a vida dos nossos companheiros e companheiras e a saúde dos trabalhadores e trabalhadoras – sempre os principais atingidos em situações de crise.

Tendo em vista que após março haja um declínio nas taxas de contágio, esperamos que o 3º Congresso da Fitmetal possa ser realizado em abril ou maio. Os debates acerca do temário do Congresso serão promovidos de forma virtual durante esse período.

A resolução da 2ª Plenária se mantém atual: “precisamos vencer os vírus da pandemia e do bolsonarismo. Vamos resistir e vamos lutar – por mais vacina, mais indústria, mais empregos! Viva a categoria metalúrgica! Fora, Bolsonaro!”.

Por: Fitmetal

Comentários