NR12

Patrões querem tirar a segurança dos trabalhadores

e1ea32_86bd2500d8044952831087c708eec0d7

(VEJA ABAIXO COMO VOTAR CONTRA AS ALTERAÇÕES)

Continuando a reação em cadeia que vem assolando a categoria trabalhadora desde a queda da presidenta Dilma Roussef, agora os patrões querem “desregulamentar o que já está regulamentado”, afirma Tiago Maestro, diretor do SindMetal e representante da Tripartite que debate a Norma Regulamentadora 12 (NR12), que dispõe sobre a Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos.

Dados das Comunicações de Acidentes de Trabalho (CAT) obtidas diretamente no Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) indicam que apenas  11 tipos de máquinas e equipamentos (como serras, prensas, tornos, frezadoras, laminadoras, calandras, máquina de embalar) provocaram 55.118 infortúnios, o que representa mais de 10% do total de 546.014 acidentes típicos comunicados pelas empresas no Brasil em 2015.

Para Eduardo Martinho Rodrigues, engenheiro de Segurança do Trabalho do SindMetal e também membro da Tripartite, “os patrões” estão acordados para não cumprirem as regras da NR 12, inclusive com atuação das entidades patronais junto ao Governo e no Congresso Nacional,  pressionando para a suspensão da norma. “Se os trabalhadores não se mobilizarem para tentar impedir este retrocesso, os resultados serão alarmantes”, afirma.

Ele também alerta que a “defesa da saúde e segurança representada pela NR 12 revisada em vigor, além de ser prevista na Constituição Federal de 88, é de nossa responsabilidade como também de todos os brasileiros, pois nela estão assentadas a história e os sonhos das gerações de trabalhadores, que foram comprometidas, agravadas ou que morreram por acidentes por falta de proteção”.

A NR12 editada pelo Ministério do Trabalho (MTE), é o ordenamento jurídico a ser obedecido pelos empregadores brasileiros para evitar que esses acidentes aconteçam, contemplando as medidas essenciais para que seres humanos não se machuquem, incapacitem ou morram ao produzir os lucros dos seus empregadores. “Os patrões, como sempre, buscam aumentar os seus lucros sem se importar em levar milhares de trabalhadoras e trabalhadores à morte ou à invalidez. Por isso é preciso uma mobilização mais ‘radical’ das entidades sindicais de trabalhadores e de toda a sua base contra esse abuso sem limites”, explica Maestro.

Por isso a diretoria do SindMetal conclama aos trabalhadores para votarem contra as alterações na NR12 de uma maneira muito simples, diretamente pela internet:

 

Instruções para votar no Link e Não Permitir que alterem a segurança dos trabalhadores:

Clique no link abaixo

 

Votar em NÃO

Cadastre seu e-mail (+) senha. O Portal do Senado envia resposta ao seu e-mail para você confirmar seu cadastramento.

Siga as instruções para confirmação pela conta do e-mail ( também é possível cadastrar utilizando seus dados do Facebook, podendo ser mais prático e rápido)

senado1 senado2

Comentários