Retomada do Crescimento

CTB e FITMETAL organizam calendário de lutas até 10 de novembro

fit-ctb-luta

Com o objetivo de afinar a luta nos últimos meses de 2017, a CTB participa de reunião com a Executiva da Fitmetal nesta segunda-feira (9). “O tempo cobra de nós mobilização, resistência e inserção real na conjuntura e lutas nacionais”, afirmou Adilson Araújo, presidente nacional da CTB.

Também participaram do encontro, o secretário de Formação da CTB, Ronaldo Leite, e a secretária da Mulher Trabalhadora, Celina Arêas.

Adilson refletiu sobre a parceria CTB/Fitmetal, uma novidade no mundo sindical, e afirmou que a luta tem comprovado isso.

Na mesma linha, o presidente da Fitmetal, Marcelino da Rocha, destacou a presença da Federação nas mobilizações e frisou o apoio da CTB como “crucial para a construção dos embates em defesa do emprego, da indústria e contra os retrocessos promovidos pelo atual governo”.

Na oportunidade, Marcelino elogiou a “Nota Técnica em Defesa da Indústria e do Emprego”, publicado pela Central, e indicou que a socialização dos conteúdos deste material pode contribuir de forma concreta para o amadurecimento do debate travado pela Fitmetal.

Brasil Metalúrgico

Ao comentar o destaque da campanha “Brasil Metalúrgico”, Adilson afirmou que “a unidade está sendo crucial para a construção de canais de diálogos mais amplos e que neste momento são fundamentais para a disputa em curso. Além disso, a vida mostra que associar a luta ao estudo é essencial para fortalecer nossa inserção no debate e na disputa de ideias”.

Ainda durante sua fala, parabenizou a plenária realizada em São Paulo do “Brasil Metalúrgico”, bem como a atuação da Fitmetal na construção deste espaço. “Essa campanha também é parte de algo que a CTB já vem defendendo há muito tempo e a unidade em torno dela será fundamental para alcançar ganhos”.

Em novembro o Brasil vai parar!

A reunião também debateu a convocação do ato nacional dia 10 de novembro.

“A orientação da CTB é que toda a sua base jogue peso na construção do dia 10 de novembro”, avisou o dirigente nacional.

Portal CTB

Comentários