Movimentos

Senador apresenta em plenário propostas das centrais sindicais aos candidatos às eleições

paim-doc

AGENDA PRIORITÁRIA DA CLASSE TRABALHADORA  

Movimento sindical lança diretrizes para o Brasil e defende unidade da classe trabalhadora; acesse 

Centrais lançam agenda da classe trabalhadora que inclui revogação da reforma trabalhista e da EC 9

O senador Paulo Paim (PT-RS) apresentou em plenário nesta terça-feira (12) o documento lançado pelas centrais sindicais no último dia 6, e que reúne as reivindicações dos representantes da classe trabalhadora para os candidatos nas eleições de outubro próximo.

“Gostaria de registrar um documento, que é assinado por todas centrais sindicais, com o objetivo de uma agenda prioritária para as eleições de 2018, ‘Democracia, soberania e desenvolvimento com justiça social: trabalho e emprego’. Também foi aprovado o Dia Nacional de Mobilização para 10 de agosto, com atos em todos os Estados. O documento será entregue aos parlamentares e aos candidatos à Presidência”, disse Paim.

A Agenda Prioritária da Classe Trabalhadora, documento unitário assinado por sete centrais sindicais, entre elas a CTB, reúne 22 propostas e tem como base a retomada da geração de emprego, do crescimento econômico, da dignidade do trabalhador, e a revogação imediata da reforma trabalhista e da Emenda Constitucional 95.

Entre as propostas das centrais, Paim destacou também a aprovação de um novo estatuto, uma nova CLT, e a definição de jornada de trabalho de 40 horas semanais. “O que pode gerar três milhões de novos empregos; a retomada de obras de infraestrutura e a renovação da política de valorização do salário mínimo”, disse o parlamentar.

Paim registrou ainda que as lideranças dos trabalhadores marcaram para 10 de agosto o Dia Nacional de Mobilização, com atos nos estados e no Distrito Federal.

As centrais sindicais devem ir a Brasília para formalizar a entrega do documento em um amplo ato político.

Portal CTB com Agência Senado

Comentários