NOVEMBRO AZUL

SindMetal apoia campanha contra Câncer de Próstata

14917187_1128165597239399_3128118690096751307_o

Depois de o mês de outubro ser marcado pela campanha de mobilização para prevenção do câncer de mama, conhecida como Outubro Rosa, agora é a vez dos homens. O mês de novembro é internacionalmente dedicado às ações relacionadas ao câncer de próstata e à saúde do homem. O mês foi escolhido pois no dia (17) é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. Conforme explica o presidente José Francisco Salvino – Buiú, o SindMetal apoiou o evento das mulheres em Outubro e agora apoia o Novembro Azul. “Consideramos a saúde do trabalhador como fundamental, por isso, além dos cuidados que já temos no dia-a-dia na fiscalização dentro das fábricas, na busca pela transparência nas eleições de CIPA, entre outras, também apoiamos as campanhas contra o Câncer”, explica.

Exames

O toque retal é o teste mais utilizado e eficaz quando aliado ao exame de sangue PSA (antígeno prostático específico, na sigla em inglês), que pode identificar o aumento de uma proteína produzida pela próstata, o que seria um indício da doença. Para um diagnóstico final, é necessário analisar parte do tecido da glândula, obtida pela biópsia da próstata.
A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que todos os homens com 45 anos de idade ou mais façam um exame de próstata anualmente, o que compreende o toque retal feito e o PSA. Segundo especialistas, o toque retal é considerado indispensável e não pode ser substituído pelo exame de sangue ou por qualquer outro exame, como o ultrassom, por exemplo.

Tratamento

Caso a doença seja comprovada, o médico pode indicar radioterapia, cirurgia ou até tratamento hormonal. Para doença metastática (quando o tumor original já se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento escolhido é a terapia hormonal.
A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.

Fonte: Tiago Maestro

Comentários