3º TORNEIO DE FUTSAL SINDMETAL

SindMetal abre inscrições para torneio de Futsal que acontece dia 26/11

bannereventoface

As inscrições já estão abertas para o 3º Torneio de Futsal SindMetal. Trabalhadores associados de toda a região poderão se inscrever através da Sede e Subsedes do SindMetal (veja endereço e telefones na seção Como Chegar deste portal). O torneio será realizado no Amparo Athlético Club no dia 26 de novembro mas as inscrições só poderão ser realizadas até dia 24 às 18h.

Realizado pela Secretaria de Esportes e Lazer do SindMetal, o evento tem o intuito de realizar uma confraternização entre os amantes do esporte. Em sua terceira edição, espera-se que o torneio atraia trabalhadores de toda a base que compreende as cidades de atuação da entidade.

“Este torneio é mais uma forma de retribuir aos trabalhadores sindicalizados a confiança de que eles tem em nossa diretoria”, afirma o presidente José Francisco Salvino – Buiú. “Estamos em um ano turbulento com muitas lutas pela frente com este governo golpista e estes eventos contribuem na união e mobilização de todos para que juntos possamos barrar o retrocesso dos nossos direitos e ao mesmo tempo interagir com os demais trabalhadores da base”.

Serviço:

3º Torneio de FutSal

Dia 26 de novembro de 2017

A partir das 8h

Inscrições abertas na Sede e Subsedes do SinMetal

até dia 24 de novembro  às 18h

bannerregulamento

Regulamento

3º Torneio de Futsal do SindMetal

26 de novembro de 2017

 

 

Evento coordenado pela Secretaria de Esportes e Lazer que abrange trabalhadores das cidades de Jaguariúna, Pedreira, Amparo, Serra Negra e Monte Alegre do Sul

 

 

REGULAMENTO GERAL

 

I-             DAS FINALIDADES:

 

Artigo 1 – O 3º TORNEIO DE FUTSAL DO SINDMETAL – Categoria Livre – Masculino será realizado na quadra do Amparo Athlético Clube para sócios e dependentes em dia com suas obrigações, tendo como finalidade a prática esportiva como lazer e integração dos trabalhadores da região

 

 

II-           PERÍODO DE REALIZAÇÃO E DURAÇÃO:

 

Artigo 2 – Os jogos de Futsal serão compreendidos no dia 26 de novembro de 2017 na cidade de Amparo/SP, no Ginásio do Amparo Athlético Clube, sendo a primeira partida com início às 09 horas, e cada partida terá duração de 20 minutos divididos em 02 tempos de 10 minutos cada, com intervalo de 05 minutos.

 

 

III-          DAS EQUIPES PARTICIPANTES

 

Artigo 3 – Poderá participar deste Torneio qualquer equipe formada por sócios e dependentes do SindMetal em dia com suas obrigações.

 

 

IV-          DAS INSCRIÇÕES DOS ATLETAS:

 

Artigo 4 – Cada equipe deverá inscrever um Mínimo de 06 atletas e Máximo de 12 atletas para este Torneio de Futsal.

 

1º A relação nominal (Ficha de Inscrição dos Atletas), até 12 atletas e uma pessoa da comissão técnica deverá ser entregue até 24 de novembro de 2016, às 18 horas, na Sede e Subsedes do SindMetal.

 

 

2º Será obrigatório para a participação nos jogos a apresentação do Cartão do Associado TITULAR ou DEPENDENTE  ORIGINAL (com foto). Para os que já são sócios e ainda não receberam o Cartão, a Organização poderá conferir no Centro de Dados do SindMetal mediante a Ficha de Inscrição.

 

 

3º Ficam autorizadas a entrar na quadra de jogo as pessoas credenciadas: Atletas participantes do jogo (devidamente documentados), oficiais de arbitragem, comissão técnica participante do jogo (devidamente documentado), seguranças e Imprensa.

 

 

4° O atleta só poderá atuar em uma equipe, no torneio, ou seja, sendo sua equipe desclassificada, não poderá atuar por outra equipe.

 

5° Haverá cancelamento, substituição de atletas após sua inscrição no Torneio conforme Ficha de Inscrição entregue no CONGRESSO TÉCNICO somente até as 16 horas do dia 17 de fevereiro de 2016.

 

 

6º Caso o atleta jogue sem a apresentação dos documentos exigidos pelo regulamento, a equipe será punida com a desclassificação.

 

 

 

V-           DAS PARTIDAS:

 

Artigo 5 – As partidas serão regidas de acordo com as Regras Oficiais de Futsal.

 

Artigo 6 – Toda equipe deverá apresentar antes da partida ao representante legal:

 

  1. a) Carteira de Sócio do SindMetal;

 

  1. b) Camisas iguais e numeradas;

 

  1. d) Camisa de Goleiro reserva de numeração e cor diferente dos atletas.

 

 

Artigo 7 – Somente o árbitro no local, ou Comissão Organizadora poderá paralisar ou adiar a realização da partida.

 

 

Artigo 8 – A equipe deve entregar o Formulário de Escalação e os Cartões de Associado  10 minutos antes do horário marcado na tabela. Caso a equipe não faça, a mesma tem até o horário da tabela para entregar. As equipes terão 15 MINUTOS DE TOLERÂNCIA após o horário da tabela para iniciar o jogo. Se a equipe não comparecer até os 15 minutos de tolerância será considerada eliminada. Vale salientar que o horário oficial é o horário do relógio do Representante da Organização e um dos integrantes da arbitragem.

 

 

Artigo 9 – As bolas para os jogos serão preferencialmente da modalidade do futsal, fornecida pela organização e de escolha da organização.

 

 

Artigo 10 – Caso haja coincidência das cores dos uniformes das equipes, a Organização realizará um sorteio com a presença dos representantes das duas equipes para definir qual vai utilizar os coletes fornecidos pela organizadora, dentro do tempo de tolerância.

 

 

VI – DA FORMA DE DISPUTA:

 

PARÁGRAFO 1° – Forma de disputa

 

As equipes serão divididas em dois grupos (A e B). A composição das equipes nos grupos e a ordem dos jogos serão definidas pelos Organizadores.

 

Caso a partida termine empatada, o vencedor será determinado através de disputa de penalidades máximas.

 

Na primeira fase as equipes do Grupo “A” enfrentarão as do Grupo “B”. Na segunda fase a equipe primeira colocada do Grupo “A” enfrentará a primeira do Grupo “B”, na decisão do título do Torneio, em partida única.

 

FORMA DE DISPUTA

 

Os critérios de desempate são seguintes, pela ordem:

 

01° Maior número de vitórias

02° Maior saldo de gols

03° Maior número de gols marcados

04° Menor número de gols sofridos

05° Menor número de cartões amarelos

06° Menor número de cartões vermelhos

07° Sorteio

 

PARÁGRAFO ÚNICO: A vitória somará 03 pontos.

 

 

VII – DA PREMIAÇÃO:

 

Artigo 11 – Ficam instituídos os seguintes prêmios:

 

  1. A) 1° Colocado: CAMPEÃO – Troféu, medalhas.
  2. B) 2° colocado: VICE-CAMPEÃO – Troféu, medalhas.
  3. C) Artilheiro: Troféu
  4. D) Goleiro Menos Vazado: Troféu

 

Atenção:  caso haja empate, será o artilheiro aquele que foi mais longe no torneio, e será o goleiro menos vazado aquele que também chegou mais longe no campeonato, em caso de dos atletas estarem empatados e disputarem a final o artilheiro será o mais velho, da mesma forma o goleiro menos vazado.

 

 

VIII – DAS APENAÇÕES:

 

Artigo 12 – A aplicação de cartões punitivos, estabelecidos na regra nacional de Futsal, constitui medida preventiva de inequívoca eficácia no campo desportivo, objetivando refrear a violência individual e coletiva.

 

 

Artigo 13 – Sujeitar-se-á ao cumprimento de suspensão automática e consequentemente impossibilidade de participar na partida subsequente o atleta, técnico, ou treinador que durante uma partida receber: um (01) cartão vermelho (expulsão).

 

1° – A condição de jogo de cada atleta no que se refere às exigências legais será de exclusiva responsabilidade das equipes disputantes, e em caso de infrigência, sujeitarão as penalidades aplicáveis.

 

 

XIX NÚMERO DE JOGADORES

 

1º A partida será disputada entre duas equipes compostas, cada uma, por no máximo 5 (cinco) jogadores, um dos quais, obrigatoriamente, será o goleiro.

 

2º É vedado o início de uma partida sem que as equipes tenham no mínimo 3 (três) jogadores, nem será permitida sua continuação ou prosseguimento se uma das equipes, ou ambas, ficar reduzida a menos de 3 (três) jogadores na quadra de jogo.

 

3º Durante a partida se uma equipe tiver um numero grande de atletas expulsos e que não permita a partida ser continuada pela falta do numero mínimo de atletas a equipe infratora será dada como perdedora pelo placar de 2×0, independe do momento da partida e o placar que estava no instante do jogo.

 

 

Artigo 14 – A EQUIPE QUE UTILIZAR ATLETA IRREGULAR EM QUALQUER PARTIDA VÁLIDA PELA COMPETIÇÃO SUJEITAR-SE-Á:

 

  1. A) Perda automática dos pontos pela equipe infratora independentemente do resultado;
  2. B) Se a partida for parada em qualquer momento do jogo por falta de condições de segurança, causada por alguma equipe, a mesma será punida com a perca dos pontos, e caso ela esteja perdendo o jogo e o arbitro perceber que será impossível continuar a partida o resultado vai ser mantido e mesmo assim a equipe será eliminada do Torneio;
  3. D) Caso trate-se de partida da final, a equipe será desclassificada do Torneio.

 

 

PARÁGRAFO ÚNICO – A irregularidade do atleta configurar-se-á na hipótese de:

 

  1. A) Inexistência ou falta de inscrição do atleta para disputa do Torneio;
  2. B) Praticar outras irregularidades tipificadas como infração às Regras Nacionais do Futsal ou a este regulamento;
  3. C) Participar da partida quando sujeito ao cumprimento de suspensão automática, por força do cartão vermelho;
  4. D) Participar da partida quando sujeito ao cumprimento de penalidade administrativa prevista no regulamento do Torneio;
  5. E) A efetiva participação de um atleta na partida é caracterizada quando o mesmo é relacionado na súmula do jogo e esta tem o seu início, conforme preceitua no Regra Nacional de Futsal.

 

 

PARÁGRAFO ÚNICO – A efetiva participação de um membro da comissão técnica da partida é caracterizada quando o mesmo é relacionado na súmula do jogo e esta tem o seu início, conforme preceitua nas Regras Nacional do Futsal.

 

 

IX – DAS PUNIÇÕES:

 

Artigo 15 – Todas as pessoas devidamente registradas neste Torneio são passíveis de punição estando ou não dentro de quadra. Basta estar na praça esportiva para se tornar passível de punição a qualquer momento, que cada dirigente de equipe oriente seus atletas para que haja um comportamento ético/desportivo em relação à competição como um todo.

 

Artigo 16 – Desrespeitar e reclamar por gestos ou palavras, ofender moralmente oficiais de arbitragem, mesários, ou organizadores. Punição de 01 a 02 jogos, dependendo da decisão da organização.

 

Artigo 17 – Praticar vias de fatos contra os oficiais de arbitragem, mesários, membros da organização, ou nomeados por ela. Punição Eliminação do Torneio.

 

Artigo 18 – Assumir na praça de desporto, atitude inconveniente ou contrária à moral desportiva, em relação a componentes de sua equipe, equipe adversária, ou em relação à entidade organizadora e seus dirigentes. Punição Eliminação do Torneio, ou a critério da organização.

 

Artigo 19 – Praticar via de fatos contra companheiros de equipe ou componente de equipe adversária com lesão corporal, ou não. Punição Eliminação.

 

Artigo 20 – Participar de rixa, conflito ou tumulto, durante o torneio. Punição de 01 a 02 jogos. Podendo ainda a equipe perder os pontos (3) DT (DERROTA TÉCNICA).

 

Artigo 21 – Manifestar-se de forma desrespeitosa ou ofensiva contra a organização, ou ameaçá-los de mal injusto ou grave. Punição Eliminação.

 

Artigo 22 – Invadir a quadra antes, durante ou depois do jogo, com o propósito de ofender, discutir, tirar satisfações com os oficiais de arbitragem, mesários, e organização, legais ou nomeados por ela. Punição de 01 a 02 jogos.

 

Artigo 23 – Tentar agredir oficiais de arbitragem, mesários, membros da organização, legais ou nomeados por ela. Punição Eliminação.

 

Artigo 24 – Se nenhuma das 02 (duas) equipes possuírem o número mínimo legal de atletas, determinado pelas regras, durante a partida a equipe que não tiver o número mínimo de atletas será considerada perdedora, somando-se 03 (três) pontos ganhos para a equipe que tinha o número mínimo de atletas para a continuidade da partida.

 

PARÁGRAFO ÚNICO: Se nenhuma das 02(duas) equipes possuírem número mínimo legal de atletas, para a continuidade das partidas, as 02 (duas) equipes serão consideradas perdedoras e nenhum ponto ganho será atribuído às mesmas.

 

Artigo 25 – Em caso de uma equipe não comparecer para o jogo ou WO por insuficiência de jogadores para início do jogo o placar será de 2 a 0 para a equipe que dava condições de jogo.

 

Artigo 26 – Proceder de forma desleal ou inconveniente durante a competição. Punição de advertência de 01 a 02 jogos.

 

 

PARÁGRAFO ÚNICO – Em nenhum momento do Torneio, e em nenhuma decisão da organização haverá transferência de pontos, a equipe infratora será punida no que diz o regulamento, mais a outra equipe nunca receberá os pontos do jogo.

 

 

A COMISSÃO TÉCNICA ORGANIZADORA

Comentários