Notícias

DERROTAR BOLSONARO

Uma razão a mais para o empenho do movimento sindical

Uma razão a mais para o empenho do movimento sindical

Desde o golpe contra a ex-presidente Dilma, constatei a ruptura do pacto nacional de respeito às conquistas trabalhistas e ao movimento sindical

WhatsApp Image 2022-10-20 at 14.10.42

Há várias razões para que os dirigentes sindicais intensifiquem o seu empenho em eleger Lula e derrotar Bolsonaro no segundo turno da eleição presidencial.

A todas elas eu agrego uma que decorre da análise realista da correlação de forças político-partidárias que resultou do primeiro turno, com exceção da vitória de Lula. Refiro-me à composição da Câmara Federal e às mudanças no Senado.

Grande número de brasileiros ofuscados pela desorientação e demagogia bolsonaristas e atraídos pelas campanhas ao Legislativo adubadas pelo orçamento secreto, por emendas parlamentares, por arranjos locais e muito dinheiro elegeram deputados e senadores inimigos do movimento sindical, alterando, para pior, a correlação de forças no Congresso. Isso tem sido alardeado pela campanha de Bolsonaro.

Um aspecto particular desta dificuldade foi o resultado adverso, na esmagadora maioria dos casos, da eleição de dirigentes e ativistas sindicais.

Desde o golpe contra a ex-presidente Dilma e com a deforma trabalhista de Temer constatei a ruptura do pacto nacional, vigente desde a Revolução de 30, de respeito às conquistas trabalhistas e ao movimento sindical. Os resultados legislativos do primeiro turno, infelizmente, confirmaram esta constatação e a tornaram ainda mais perniciosa.

Imaginemos agora o impensável: com a correlação de forças legislativas desfavorável e abertamente contrária ao sindicato, o Executivo reeleito com Bolsonaro (exímio mestre em maldades contra os trabalhadores) decretará seu fim eliminando-o da Constituição, expurgando os direitos e completando a obra nefasta da deforma trabalhista.

Frente a esse descalabro é preciso empenho renovado para garantir a vitória de Lula como elemento reequilibrador daquele destrato, a partir de um Poder Executivo capaz de enfrentar – com pautas necessárias e exequíveis – a desfavorável conjuntura político-partidária e reconstruir o pacto nacional que garanta a existência do movimento sindical e o respeito à Constituição.

PORTAL VERMELHO – AUTOR: João Guilherme Vargas Netto

Compartilhe nas Redes

Ver outras notícias

Decisão do TST pode restringir perdas com a reforma trabalhista
DIREITOS ADQUIRIDOS
13/03/2023

Decisão do TST pode restringir perdas com a reforma trabalhista

Ministros da Seção de Dissídios Individuais do TST entenderam que medidas da reforma trabalhista que prejudicam os trabalhadores só podem

Leia mais
Pela segunda vez, proposta de PLR da KR Mai é reprovada e negociações são retomadas
A LUTA CONTINUA
01/12/2020

Pela segunda vez, proposta de PLR da KR Mai é reprovada e negociações são retomadas

Os trabalhadores e trabalhadoras da KR Mai, de Jaguariúna, reprovaram pela segunda vez a proposta de Participação nos Lucros e

Leia mais

Sindicato Dos Trabalhadores Nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas E Materiais Elétricos
De Jaguariúna, Amparo, Pedreira, Serra Negra E Monte Alegra Do Sul - Sindmetal